Irmandade Inquisidora

quarta-feira, março 22, 2006

Génesis |†| José - o Interprete de Sonhos

José reagia mal à cafeína, e sempre que juntava o sono de vários dias a um copinho de café, entrava em psicose ultra-sociabilizante, iniciando conversas com toda a parafernália de seres existentes ou ainda por existir. A patologia era de tal ordem gravosa que ele pressentiu doença, e achando que deveria consultar um especialista, foi à Bruxa.
A Especialista (Bruxa) era tão especialista que até pagou propinas para ser especialista, e depois de ter canudo de especialista andava por aí a fazer serviço público privado especializado em curar doenças dos doentes, dando doenças a quem tinha deficit de tal especialidade sagrada que é, a doença.
Prognóstico do leigo (José) depressa se tornou diagnóstico especializado da Especialista. Para ser curado, José havia de pagar o serviço público da Especialista, para esta pagar as dívidas que tinha contraído ao pagar o serviço público que lhe forneceu o canudo de especialista (licenciatura). A cura era simples, o leigo José tinha de tomar um único supositório laranja, desenvolvido por especialistas que era tão especial que até curava aquela doença em especial, e lá o leigo José enfiou o especial supositório no seu cú ultra-especial.
José realmente curou-se daquelas psicoses ultra-sociabilizantes, e inclusivé deixou de beber café, passando agora a dedicar-se a 100% à função de que é especialista: Interprete de Sonhos. Desde que se curou, o seu mais assíduo cliente passou a ser uma bruxa leiga, especialista em curar doenças, e esta foi lá para ter seu sonho interpretado pelo especialista José, que era conhecido por todo o deserto da Galileia por ser especialista naquilo que ele era especializado de canudo e tudo - interpretar sonhos. Canudo esse que cujas propinas, haviam sido pagas com a rodagem não selectiva das tropas romanas por parte da mãe de José, pois ela era especialista em actividades não portadoras de canudo, mas portadoras de várias doenças. José lá interpretou o sonho da Bruxa, ficando esta a saber que sua mãe fazia a rodagem às tropas romanas, que ela para além de portadora de doenças, não tinha canudo e, para ela, era mais especial o filho especialista, do que a filha especialista.

Alguns anos depois...
A especialista Bruxa deixou de ganhar a vida à custa do canudo e mudou de especialidade: passou a ser portadora de doenças ao rodar os crentes da paróquia do bairro onde ficou conhecida por ter curado o padre; embora nessa especialidade nunca possa vir a ter canudo mesmo que estude muito, já tem como ganhar a vida e pagar a saúde da sua mãe, que teve o azar de ter sido consultada por um especialista que dá pelo nome de Médico, passando agora a ser ineputável para o trabalho.
José; especialista em interpretação de sonhos; terminou seus dias num manicómio a curar-se duma psicose ultra-introvertente provocada por um esgotamento nervoso, após este ter feito uma especializada consulta ao Rei Salomão, que afirmava falar com Deus nos sonhos. O Médico; que tinha o canudo de especialista; diagnosticou-lhe que o problema da psicose ultra-introvertente era provocado por excesso de gás propano no seu cú ultra-especial e, furiosamente alertou o leigo José que só deveria consultar "verdadeiros" especialistas, e não esses ditos especialistas para-físicos crentes de transcendências para-humanas, mesmo que um deles seja sua Irmã. O Médico; já mais calmo; acrescentou ainda a José que, aquilo que ele tinha no seu cú ultra-especial era uma botija de gás e não um supositório especial.

5 Comments:

Enviar um comentário

<< Home


 
Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-Noncommercial-Share Alike 2.5 Portugal License.